Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch. Created with Sketch.

Núcleo Arqueológico Castelo de São Jorge (Lisboa)

Esta intervenção pelo gabinete arquitectura Carrilho da Graça Arquitectos abordou os temas de proteção, revelação e legibilidade.

Descendo ao local, uma estrutura flutuante utilizando placas Aquapanel da Knauf protege os mosaicos existentes, a parte inferior coberta por um espelho preto que permite ao visitante ver refletida a perspectiva vertical dos pavimentos. para a proteção das estruturas domésticas muçulmanas do século XI e de seus afrescos, foi tomada como uma oportunidade de reproduzir, através da interpretação conjectural, sua experiência espacial como uma série de salas independentes dispostas em torno de um pátio que introduzia luz e ventilação em uma habitação isolada de outro modo exterior.

Neste Núcleo Arqeuológico encontra um conjunto de vestígios arqueológicos que testemunham três períodos significativos da história de Lisboa: (1) as primeiras ocupações conhecidas que remontam ao século VII a.C.; (2) os vestígios da zona residencial de época islâmica, da época de construção do castelo, de meados do século XI; (3) as ruínas da última residência palaciana da antiga alcáçova, destruída pelo terramoto de Lisboa de 1755.

Arquitecto Carrilho da Graça Arquitectos

Construtor Tempero & Venerando, Lda

Local da Obra Lisboa (Castelo de São Jorge)

Área de Construção 2000 m2

Imagens do projecto